Portal Zap - Último FIES com regras atuais vai abrir seleção; novo modelo começa a funcionar em 2018


Último FIES com regras atuais vai abrir seleção; novo modelo começa a funcionar em 2018
Saiba mais
publicada em 10/07/2017

O Ministério da Educação anunciou as novas regras para o programa de Financiamento Estudantil, o FIES, que valerão para os contratos assinados a partir de 2018. Em uma das mudanças, o estudante terá desconto automático na folha de pagamento após concluir o curso e conseguir um emprego formal, para pagar o dinheiro de empréstimo.

Para o governo, a medida tem o objetivo de viabilizar o programa que atualmente possui um índice de inadimplência, ou seja, o não pagamento até a data de vencimento, em quase 50%. Para Mendonça Filho, ministro da Educação, o atual modelo do FIES funciona "sem controle”.  

Para 2018, o FIES apresenta três modalidades. Veja como funciona cada uma:

FIES 1
Será voltada para alunos com renda per capita familiar de três salários mínimos, e não terá nenhuma taxa de juro. Deverão ser ofertadas 100 mil vagas.

FIES 2
A modalidade 2 é voltada para estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com renda per capita familiar de até cinco salários mínimos. A taxa de juros será de 3%, mais correção monetária. A previsão é de oferecer 150 mil vagas.

FIES 3
Essa modalidade será destinada aos alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Os juros deverão ser maiores que 3%, mas menor que as taxas bancárias privadas. Poderão ser ofertadas 60 mil vagas;

Nas três modalidades as prestações serão pagas com parcelas de no máximo 10% da renda mensal, descontadas automaticamente do salário ou do rendimento da empresa aberta em nome do beneficiado. Além disso, o estudante passará a saber o valor total da dívida ao assinar o contrato. Ainda não foi definido o valor máximo para financiamento.

FIES atual
No atual modelo do FIES existe apenas um tipo de financiamento, para alunos com renda família per capita de até 3 salários mínimos e juros de 6,5% ao ano. O pagamento independe de o recém-formado conseguir um emprego e dá o prazo de 18 meses para começar a quitar o financiamento após o fim do curso. Além disso, o valor financiado varia ao longo do curso, de acordo com os reajustes mensais, e tem o valor máximo de 5 mil reais. 

Inscrições
Serão abertas as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil neste segundo semestre. Será o último ano do programa com o atual modelo. As inscrições ocorrerão entre os dias 25 e 28 de julho, na página oficial. Serão ofertadas 75 mil vagas. As vagas poderão ser consultadas a partir do dia 24. Poderão participar os candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010 e obtido nota igual ou superior a 450 pontos, além de não ter zerado a redação. Também é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Redação Portal Zap / Thiago Elias
TAGS: fies, educação, novas regras